Momento TED: Como fazer escolhas difíceis (Ruth Chang)

TED

Depois de um dia cansativo de trabalho e estudos me deparei com este vídeo do Ted Talks sobre escolhas. Não qualquer tipo de escolha, mas escolhas difíceis que temos que fazer em um determinado momento. Nos primeiros 2 minutos Ruth Chang já chamou minha atenção. Ela começa com exemplos muito verdadeiros de escolhas que acabamos tendo que fazer uma hora ou outra, escolhas essas que tentamos comparar na esperança de chegar a conclusão de qual é a melhor e, não conseguindo descobrir a melhor, acabamos escolhendo a mais segura. Ela nos diz que o entendimento do que são essas escolhas difíceis revelam um poder oculto dentro de nós.

É incrível como ela consegue, até certo ponto (e digo isso porque filósofos bagunçam com a nossa cabeça, de maneira positiva, claro), simplificar o que seriam essas escolhas difíceis para nós, qual o papel delas, quais os valores por detrás de cada uma das opções, de forma a fazer você refletir e se perguntar: “é realmente tão simples assim?”, ou “como eu nunca pensei nisso antes?”.

O problema com escolhas difíceis é: como comparar as opções?

Ruth Chang

Quando uma escolha é fácil, fica evidente que uma alternativa é melhor que a outra. O problema das escolhas difíceis é que uma alternativa é melhor em alguns pontos, a outra em outros pontos e nenhuma é melhor que a outra no geral. “Medo do desconhecido como padrão motivacional comum no trato de escolhas difíceis se baseia num conceito errado”. Segundo Ruth, nós tentamos sempre comparar as duas opções tentando encontrar qual seria a melhor dentre elas e chegamos a conclusão que não somos inteligentes o suficiente para descobrir qual é realmente a melhor e então acabamos escolhendo a opção mais segura. Na verdade nós não conseguimos chegar a uma conclusão porque não existe a opção melhor, e não por que somos ignorantes demais para analisar as alternativas.

O segredo está nos valores. Nos enganamos pensando que é possível quantificar valores. Números reais são sempre iguais, menores ou maiores que o outro na comparação, já com valores não podemos dizer a mesma coisa, por isso são escolhas difíceis, não é possível quantificar os valores que cada uma das opções representam para você e, ambas, apesar de muito distintas, estão na mesma zona de valor.

Enfim, já falei demais e nada melhor como ver o vídeo para entender esse monte de devaneios. Também não vou dar spoiler do final da palestra né? Só digo que ao final ela irá revelar qual é este poder oculto que temos. E como as escolhas que fazemos e as razões pelas quais as fazemos ajudam a definir quem somos de verdade. Não podemos esquecer das nossa essência. Eu definitivamente não quero ser uma pessoa que ficará a deriva e acredito que vocês também não. Bom, vejam o vídeo e entenderão. Achei fantástico.

Tem que assistir – TED TALKS – Ideas worth spreading.

Ruth Chang – How To Make Hard Choices

Maio de 2014

Vídeo abaixo é do próprio site do TED Talks e tem legenda em PT-BR. Espero que gostem.

Anúncios

Sobre Bea
Beatriz Marques Fabri, 26 anos. Louca por filmes e TV Resolvi que deveria começar a escrever um blog para trocar idéias com as pessoas sobre filmes e seriados interessantes, dar algumas dicas e conversar sobre isso que é definitivamente o assunto que eu mais amo na vida !!! https://temqueassistir.com/

One Response to Momento TED: Como fazer escolhas difíceis (Ruth Chang)

  1. marly marques says:

    Escolhas permeiam nossas vidas sempre. Ela conseguiu colocar com muita simplicidade questões tão conflitantes da vida com uma pequena grande palavra chave chamada : __ valor. Fez isso com propriedade de quem vivenciou escolhas difíceis ( pelo modelo que tinha __como todos nós temos __ como correto ). Porém , conseguiu ter a sensibilidade em perceber , ao longo da vida, como tudo se processava internamente e viu que valores não podem ser quantificados . Temos como hábito seguir caminhos/escolhas tentando nos moldar por modelos que conhecemos ( colocando peso e valor nessas decisões ) e assim, atingir expectativas que não são nossas. Fazemos isso quase que mecanicamente. Por essa razão, na maioria das vezes, nunca seguimos a nossa primeira profissão. Profissão que escolhemos ou que são direcionadas como se fossemos nós que as tivéssemos escolhido. Só quando estamos mais em contato com nossa essência é que conseguimos quebrar os paradigmas ( ou pelo menos tentamos, as vezes com sucesso, as vezes não ), e começamos a optar por nossas escolhas reais sem se preocupar mais em quantificar esses valores. Como ela bem disse __ impossível de quantificar.
    Estar no meio do oceano e tomar o comando do seu barco para que ele não fica a deriva, é o caminho que todos nós queremos.
    Ainda bem que existem pessoas como a Ruth para nos ajudar a refletir sobre o tema.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Hello, Professional Girl!

Personal and Professional Development for Millennials

The Lily Cafe

Where a bookish mom in SoCal writes

Inspiration: IRIS

motherhood, minimalism, music, movies and iris

Blog Dipano

Conheça um mundo melhor!

Melo e Mulkey

Melo e Mulkey

Achados & Escritos

The place where eagles dare

Stewartry

Book reviews and general nonsense

Séries Em Foco | Opinião é Tudo

Dicas, dicas e mais dicas! Cinema, TV e Cultura!

asaventurasdeulisses

O lugar onde Demódoco canta, dança e sapateia

RYOT GOMBA

Dicas, dicas e mais dicas! Cinema, TV e Cultura!

RYOT

Dicas, dicas e mais dicas! Cinema, TV e Cultura!

The Geek Anthropologist

An anthropological approach to all things geek

Crítica (non)sense da 7Arte

Blog com críticas de cinema

Clube de Cinema

Dicas, dicas e mais dicas! Cinema, TV e Cultura!

* Blog Elaine Gaspareto *

Dicas, dicas e mais dicas! Cinema, TV e Cultura!

LoGGado - Séries de TV, Cinema e muito mais!

Dicas, dicas e mais dicas! Cinema, TV e Cultura!

%d blogueiros gostam disto: